Publicado em

Psyllium para que serve, o que é e como tomar

Psyllium para que serve

Cada vez mais os produtos naturais entram no mercado com variados objetivos, embora sempre acabe tendo foco no emagrecimento. Nisso surge o Psyllium, obtido de semente de planta, e que carrega vários benefícios.

Mas para que serve, o que é, como tomar e quais efeitos colaterais? Devido a complexidade do nome, pode ser chamado de Psilio, Psilio, Psilium e Psillium, e serve para tratar diversos problemas de saúde.

Porém ainda há muito mais para saber sobre esse nome. Quer conhecer mais sobre o Psyllium, para que serve, o que é e como tomar? Prossiga com a leitura do artigo.

O que é Psyllium?

Obtido a partir da semente da planta Plantago Ovata, possui característica higroscópica, isto é, capacidade de absorver água. Assim, pode se expandir e produzir mucilagem, uma substância pegajosa produzida por vários vegetais.

Começou a ser consumido há cerca de 75 anos no território norte-americano, se disseminando para outros cantos do mundo. Se mostra como eficaz laxante natural, sendo muito rico em fibras, seja de forma solúvel e insolúvel.

No entanto, não fica só aí, apresentando benefícios para intestino, emagrecimento e auxílio na saúde em geral.

Psyllium: para que serve?

Como dito antes, embora seja conhecido mais como laxante, o Psyllium serve para trato dos mais diversos problemas de saúde. E isso fica claro quando você pesquisa sobre.

Primeiro, serve para redução do colesterol ruim e auxilia no controle da diabetes, pois possui baixa absorção do carboidrato.

Quanto ao emagrecimento, o Psyllium não é capaz de elimina diretamente a gordura corporal, mas auxilia na criação de saciedade, devido suas fibras. É um aliado na perda de pesos justamente por influenciar na ingestão deles.

Não para quanto aí no quesito comida, pois quando ingerida, ajuda num bom funcionamento intestinal.

Além disso, ajuda na eliminação das toxinas e impurezas intestinais, assim como de constipações, colites, fissuras anais e hemorroidas.

Por último, ajuda no controle de pressão arterial, pois conta com uma ação antioxidante que limpa as toxinas do organismo presente em veias e artérias.

Psyllium: como usar?

O Psyllium em pó pode ser consumido como 1 colher de sopa, dividindo essa dose em 4 vezes ao longo do dia. E ele pode ser distribuído junto de sucos, vitaminas, iogurtes, chás e molhos, dando até sabor agradável.

No entanto, é importante beber muita água, pois a capacidade de absorção dele o faz tomar muita água do organismo.

Além disso, não deve ser a principal arma para emagrecer, pois só elimina a gordura ingerida no momento de seu uso. Por isso, deve ser acompanhado de outro redutor, mantendo uma dieta balanceada.

Em qualquer caso, você pode tomar em cápsulas, porém sempre conte com indicação médica.

Quais os benefícios do Psyllium?

  • Trata da prisão de ventre
  • Melhora do trato intestinal no todo
  • Auxilia na perda de peso
  • Capacidade de reduzir a taxa de açúcar no sangue
  • Auxílio no tratamento da pressão alta
  • Coopera na eliminação de toxinas e impurezas acumuladas no corpo

Psyllium: efeitos colaterais?

O uso do Psyllium, em pó ou cápsula, deve sempre vir acompanhada de consumo de água em grandes quantidades, durante o passar do dia. Como dito antes, a capacidade da fibra de absorção é alta e isso pode ser problemático.

Falta ou quantidade insuficiente de água acaba gerando cólicas, gases e obstrução digestiva, devido a essa capacidade alta de absorção. Por isso, seu uso acaba tendo certo cuidado.

Dessa forma, o Psyllium é uma fibra muito importante para auxílio do emagrecimento, mas não emagrecimento em si. Cheio de benefícios, você pode o encontrar como base em remédios como Bonvit, Fybogel e Metamucil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *