Publicado em

Óleo de Cártamo para que serve, seus benefícios e como tomar

oleo de cartamo para que serve

Emagrecer logo se tornou desejo comum de grande parte da população brasileira, e o óleo de cártamo se tornou figura carimbada. No entanto, surgem dúvidas: para que serve, quais seus benefícios e como tomar?

Como alternativa aos remédios, tem uma pegada mais natural, com componentes in natura que auxiliam no emagrecimento, aparência da pele e manutenção da saúde corporal. Em outras palavras, possibilita bom físico.

E tudo isso através de inserção via oral ou com uso de cápsulas concentradas. Quer conhecer mais sobre? Prossiga com a leitura do artigo e veja mais sobre o óleo de cártamo.

O que é o óleo de cártamo?

Antes de tudo, o óleo de cártamo é um composto químico que possui em sua composição ricos nutrientes como:

  • Ácidos graxos
  • Ácido linoleico
  • Ômega 9 e Ômega 6

Entre todos os óleos essenciais expostos para público, conhecidos e testados pela ciência, o óleo de cártamo é o com maior teor de gorduras poli-insaturadas.

Dessa forma, ele age de forma a ter um desempenho antioxidante acima da média. Nisso, acabou sendo apontado como eficiente para perder peso e melhorar a aparência da pele, saúde física em geral.

Óleo de Cártamo: para que serve?

Primeiro, deve ser lembrado que o óleo não substitui recomendações médicas, com remédios controlados indicados. Consumo sem consulta médica prévia pode ser feito, mas em caso de problemas de saúde, é necessário opinião de um especialista.

Só assim o produto terá eficácia nas diferentes utilizações possíveis. Para que serve o óleo de cártamo? Basicamente para os seguintes usos:

  • Prevenção do câncer e atraso do envelhecimento da pele
  • Emagrecimento
  • Perda de gordura localizada
  • Diminuição do colesterol e do risco cardíaco
  • Controle da pressão arterial
  • Melhoria da imunidade
  • Sentimento de bem-estar

Assim, com indicação médica, propõe-se a auxílio de resolver esses problemas, principalmente para conseguir emagrecer. Assim, também é cheio de benefícios.

Óleo de cártamo: benefícios?

Com testes em laboratório, foi notado que o óleo de cártamo possui benefícios como:

  • Proporcionar bom funcionamento cognitivo

O óleo de cártamo possui ômega 6 e 9 (ácidos graxos), que o destaca entre outros produtos semelhantes no mercado. Esses ácidos são vitais para bom funcionamento do cérebro e dos sistemas nervoso e cardiovascular.

Não só isso, como também apresenta Vitamina E, que possui ação antioxidante, e é responsável por proteção das células dos radicais livres. E mais, auxilia no controle do envelhecimento precoce e previne outras doenças!

  • Reduzir o colesterol

O óleo de cártamo contribui em até 20% na redução do colesterol ruim, conhecido como LDL, com apenas dois meses de consumo. E isso ainda pode melhorar mais.

Também ajuda na diminuição dos níveis de triglicerídeos, forma de gordura comum em nosso corpo, agindo de forma negativo em excesso. O excesso nos níveis de triglicerídeos acaba participando de complicações no pâncreas!

  • Melhora do processo de cicatrização

Rico em ômega 6, o óleo proporciona ao organismo a quantidade correta de ácido graxo diariamente. Isso significa compostos com propriedades anti-inflamatórias, capazes de ir ao auxílio no processo de cicatrização.

  • Controle da pressão arterial

Inclusive, é um dos potenciais do óleo de cártamo. Ele se mostra capaz de reduzir o risco de desenvolvimento da aterosclerose, regulando os picos glicêmicos, níveis de colesterol e pressão arterial.

  • Emagrecer

Principal propósito do óleo, ele possui propriedades termogênicas naturais que estimulam o corpo para ter pequenos aumentos de temperatura. Isso significa que o corpo queima rapidamente a gordura, causando emagrecimento espontâneo!

Isso também acontece por conta da regulação do hormônio gastrointestinal grelina, atuante no estímulo da fome, que causa satisfação com quantidade menor de alimentos!

  • Deixar o usuário feliz

O óleo de cártamo pode realmente lhe deixar feliz, apenas aumentando a serotonina no organismo. Esse neurotransmissor possui relação direta com o humor, ajuda a diminuir ansiedade e promove o bem-estar.

Pois além de emagrecer, também pode ajudar na luta contra a depressão, buscando trazer felicidade a sua vida.  

  • Óleo de cártamo: como tomar?

O ideal é tomar nove gramas por dia, podendo o fazer por líquido ou em cápsula. O líquido pode ser usado em temperos de sala e outros alimentos, sendo recomendado duas colheres de chá.

Inclusive, se for usar para refogar alimentos, coloque em fogo brando, pois o óleo superaquecido faz com as moléculas nutrientes se percam.

Já em cápsula, você toma duas por dia.

  • Óleo de cártamo emagrece?

Emagrece, mas não faz milagres. Ainda se faz necessário contar com uma alimentação saudável, pois o óleo apenas vem em auxílio, não sendo a única solução.

No caso de perder peso, você pode associar o óleo com uma dieta low carb. Ou até mesmo apostar em atividades físicas mais o óleo de cártamo para emagrecer.

Assim, óleo de cártamo é bem útil em diversos, principalmente para quem busca emagrecer.

 

Compre óleo de cartamo com o melhor custo X benefício:

 

 

Publicado em

Spirulina para que serve, benefícios e como tomar

spirulina para que serve

Existem diversas formas e ferramentas para cuidar da saúde e, principalmente, para emagrecer. Remédios caseiros, da fábrica, alimentação, exercício e mais um aliado: o suplemento Spirulina, uma alga que pode ajudar a emagrecer.

E essa água é rica fonte de minerais, vitaminas, proteínas e aminoácidos, sendo muito importante na dieta vegetaria, além de muito útil em exercícios físicos. Estando nesse tipo de conjunto, é claro que ajuda a emagrecer.

E talvez você precise conhecer mais sobre esse remédio, comercializado sob a forma de comprimidos. Quer saber para que serve, quais benefícios e como tomar Spirulina? Prossiga com a leitura do artigo!

O que é Spirulina?

Trata-se de uma bactéria, uma cianobactéria em forma de espiral, que é capaz de fazer fotossíntese. Possui um sabor e cheiro particular, sendo muito considerado como rico em nutrientes, um superalimento.

Na composição de seu organismo existem duas partes: crorofila e ficocianina. A clorofila que dá a cor verde ao organismo e remove as toxinas do organismo, tem influência no fortalecimento do sistema imunitário.

E também usa o sol como fonte energética!

Já a ficocianina é responsável pela cor azul do organismo, tendo propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias.

Isso faz da Spirulina uma alga popular entre vários povos antigos, sendo recentemente industrializada. Suas propriedades benéficas ao organismo têm despertado a atenção do público, mas o que de fato ela faz?

Spirulina: para que serve?

Como alimento completo, considerada um superalimento, a Spirulina é rica em vários nutrientes, por isso sendo utilizado como suplemento. Inclusive, é usado para evitar desnutrição.

Além disso, serve como fonte alternativa de proteína, pois tem teor proteico maior do que a carne vermelha, por exemplo. Dessa forma, acaba ajudando a complementar a dieta dos vegetarianos.

Elas também podem ser utilizadas como ingrediente de medicamentos tônicos ou até mesmo como formulação de ração para peixe.

Spirulina: como tomar?

Disponível em pó ou cápsula, pode ser ingerida junto de um pouco de água ou adicionada à refeição, através de sucos e vitaminas. A ingestão recomendada vai de 1 a 8 gramas, variando com a intenção do usuário:

  • Controle do colesterol: 1 a 8 gramas diariamente
  • Performance muscular: 2 a 7,5 gramas diariamente
  • Controle da glicemia: 2 gramas diariamente
  • Controle da pressão: 3,5 a 4,5 gramas diariamente
  • Tratamento para gordura no fígado: 4,5 gramas diariamente

Quanto a dose, deve ser tomada de acordo com orientação médica.

Spirulina emagrece?

Spirulina é tão rica em nutrientes essenciais que uma pessoa poderia se alimentar apenas com ela, tendo entre 60% a 70% de proteína completa. Isso a faz ter quase o dobro de proteínas encontradas na carne vermelha e soja.

Por esse motivo é sua dosagem regular com as refeições é ideal para dietas com poucos carboidratos. A Spirulina aumenta a concentração de nutrientes, consequentemente reduzindo a fome.

Além disso, é rico em ácido lilolênico, que ajuda na regulação de açúcar no sangue e controle dos níveis de insulina. Assim, minimiza a ingestão de carboidratos e auxilia na perca de peso.

Porém, emagrecer é apenas um dos benefícios da Spirulina. Um alimento tão rico como esse, um superalimento, pode ser considerado uma refeição por si só.

Publicado em

Chá verde para que serve, benefícios e como tomar

cha verde para que serve

Popular na China e no Japão, começou a se tornar cada vez mais popular e comum no ocidente, onde era mais tradicional o chá preto. Desde então, o chá verde se popularizou mais, principalmente por causa de seus benefícios.

E muito disso parte de suas propriedades antioxidantes e de sua preparação um pouco fora do tradicional para chás. Assim, a bebida criada a partir da infusão da planta Camellia sinensis, tomou ainda mais destaque.

No entanto, apesar de ser muito popular, algumas pessoas não conhecem seus benefícios, para que serve e como tomar. Prossiga com a leitura do artigo e conheça mais sobre o chá verde.

O que é chá verde?

Chá verde é um tipo de chá criado a partir da infusão da planta Camellia sinensis, chamada de verde porque suas folhas sofrem pouca oxidação. Isso acaba ocorrendo durante o processamento, o diferenciando do chá preto.

É talvez um dos mais conhecidos, quiçá mais utilizado, para ter uma dieta saudável, pois possui efeitos diuréticos e antioxidantes. Ele oferece apoio para acelerar o metabolismo e ainda atua na redução do colesterol.

Apesar de ideal para queimar calorias e diminuir inchaço do corpo, ela não deve ser usada em excesso, por causa da presença de cafeína. Menos recomendado ainda se a pessoa for sensível ao ingrediente.

Chá verde: para que serve?

Apesar de conhecido pelos efeitos diuréticos e antioxidantes, ele acaba possuindo também propriedades estimulantes ao organismo. E não para por aí.

Ele também tem propriedades anti-inflamatórias, anti-hipertensivas, antidiabéticas e até antimutagênicas.

É isso que permite o chá verde proteger o coração, diminuindo chance de formação de coágulos nas artérias. Até reduzir o colesterol ruim ou mesmo impedir a ação de radicais livres, causa de envelhecimento precoce das células.

Os benefícios do chá verde

  • Proteção das células do organismo
  • Retardamento do envelhecimento celular
  • Combate ao colesterol ruim
  • Prevenção de doenças do coração
  • Auxílio na prevenção de vários tipos de câncer
  • A presença de cafeína no chá serve como benefício para concentração, a aumentando
  • Estímulo de queima da gordura, através de aceleração do metabolismo e maior energia
  • Maior sensação de saciedade, através da liberação do hormônio leptina

Como tomar chá verde?

Como dito antes, deve haver certa indicação para tomar, pois a presença de cafeína pode não causar efeito agradável. Isso é ainda mais problemático se você for muito sensível a esse componente do chá.

Feito isso, a quantidade recomendada no dia a dia do chá, não podendo ultrapassar de 600 ml, ou 4 xícaras de chá por dia.

Nada de tomar durante as refeições, pois pode acabar afetando a absorção dos nutrientes no seu prato.

Além disso, não tomar em altas doses, pois além do problema da cafeína, ainda pode se apresentar, gastrite e outros problemas

Chá verde emagrece?

Sim, e isso é comprovado cientificamente, o chá verde auxilia de forma direta na redução de gordura corporal. A presença da catequina chamada epigalocatequina galato, chamada de EGCG, garante isso.

Ela atua estimulando certas enzimas, responsáveis pelo controle do metabolismo das gorduras. Assim, ela quebra as enzimas de gordura, com o organismo passando a usá-las de forma eficaz.

Além disso, essa mesma catequina age com propriedade na produção de sentimentos de saciedade regulares. Assim, atua em dois frontes: queima de gordura e elimina, em parte, a vontade de comer.

Por último, acaba acelerando o metabolismo, devido a ser uma bebida termogênica. Dessa forma, ele é muito capaz de oxidar as células de gordura.

Vendo dessa forma, a capacidade e potencial do chá verde para emagrecimento é grande. Carregada de benefícios, é uma bebida que se tornou popular faz tempo, ficando mais ainda pelo fator perder peso.

Publicado em

Psyllium para que serve, o que é e como tomar

Psyllium para que serve

Cada vez mais os produtos naturais entram no mercado com variados objetivos, embora sempre acabe tendo foco no emagrecimento. Nisso surge o Psyllium, obtido de semente de planta, e que carrega vários benefícios.

Mas para que serve, o que é, como tomar e quais efeitos colaterais? Devido a complexidade do nome, pode ser chamado de Psilio, Psilio, Psilium e Psillium, e serve para tratar diversos problemas de saúde.

Porém ainda há muito mais para saber sobre esse nome. Quer conhecer mais sobre o Psyllium, para que serve, o que é e como tomar? Prossiga com a leitura do artigo.

O que é Psyllium?

Obtido a partir da semente da planta Plantago Ovata, possui característica higroscópica, isto é, capacidade de absorver água. Assim, pode se expandir e produzir mucilagem, uma substância pegajosa produzida por vários vegetais.

Começou a ser consumido há cerca de 75 anos no território norte-americano, se disseminando para outros cantos do mundo. Se mostra como eficaz laxante natural, sendo muito rico em fibras, seja de forma solúvel e insolúvel.

No entanto, não fica só aí, apresentando benefícios para intestino, emagrecimento e auxílio na saúde em geral.

Psyllium: para que serve?

Como dito antes, embora seja conhecido mais como laxante, o Psyllium serve para trato dos mais diversos problemas de saúde. E isso fica claro quando você pesquisa sobre.

Primeiro, serve para redução do colesterol ruim e auxilia no controle da diabetes, pois possui baixa absorção do carboidrato.

Quanto ao emagrecimento, o Psyllium não é capaz de elimina diretamente a gordura corporal, mas auxilia na criação de saciedade, devido suas fibras. É um aliado na perda de pesos justamente por influenciar na ingestão deles.

Não para quanto aí no quesito comida, pois quando ingerida, ajuda num bom funcionamento intestinal.

Além disso, ajuda na eliminação das toxinas e impurezas intestinais, assim como de constipações, colites, fissuras anais e hemorroidas.

Por último, ajuda no controle de pressão arterial, pois conta com uma ação antioxidante que limpa as toxinas do organismo presente em veias e artérias.

Psyllium: como usar?

O Psyllium em pó pode ser consumido como 1 colher de sopa, dividindo essa dose em 4 vezes ao longo do dia. E ele pode ser distribuído junto de sucos, vitaminas, iogurtes, chás e molhos, dando até sabor agradável.

No entanto, é importante beber muita água, pois a capacidade de absorção dele o faz tomar muita água do organismo.

Além disso, não deve ser a principal arma para emagrecer, pois só elimina a gordura ingerida no momento de seu uso. Por isso, deve ser acompanhado de outro redutor, mantendo uma dieta balanceada.

Em qualquer caso, você pode tomar em cápsulas, porém sempre conte com indicação médica.

Quais os benefícios do Psyllium?

  • Trata da prisão de ventre
  • Melhora do trato intestinal no todo
  • Auxilia na perda de peso
  • Capacidade de reduzir a taxa de açúcar no sangue
  • Auxílio no tratamento da pressão alta
  • Coopera na eliminação de toxinas e impurezas acumuladas no corpo

Psyllium: efeitos colaterais?

O uso do Psyllium, em pó ou cápsula, deve sempre vir acompanhada de consumo de água em grandes quantidades, durante o passar do dia. Como dito antes, a capacidade da fibra de absorção é alta e isso pode ser problemático.

Falta ou quantidade insuficiente de água acaba gerando cólicas, gases e obstrução digestiva, devido a essa capacidade alta de absorção. Por isso, seu uso acaba tendo certo cuidado.

Dessa forma, o Psyllium é uma fibra muito importante para auxílio do emagrecimento, mas não emagrecimento em si. Cheio de benefícios, você pode o encontrar como base em remédios como Bonvit, Fybogel e Metamucil.

Publicado em

Colágeno para que serve, benefícios e como tomar

colageno para que serve

abe quando você apalpa suas orelhas ou a ponta do nariz, nota que são ao mesmo tempo maleáveis e resistentes? Bem, isso é ocasionado pela presença de colágeno, que é bem conhecido – e cheio de benefícios.

Porém, para que serve? Como tomar? Apesar de tão comum ao organismo, dúvidas como essas são populares. Inclusive, existem vários tipos de colágeno, tipo I ao tipo XII, sendo a proteína mais abundante no ser humano.

Não sabia desses detalhes e quer saber mais? Continue com a leitura do artigo e conheça o colágeno, para que serve, benefícios, como tomar e muito mais.

O que é colágeno?

Colágeno é uma proteína que nosso próprio organismo produz, em caso que substâncias como a vitamina C estejam presentes. Como dito antes, tem vários tipos e é a proteína mais abundante em nosso corpo.

Ela é uma proteína de rápida absorção que contribui para a elasticidade e resistência da pele. Também é bom para saúde das unhas e cabelos, além de responsável pela constituição das fibras que sustentam nosso corpo.

Por ter diversos papéis, acaba tendo diferentes tipos para atender a cada, com, inclusive, todos participando da formação do corpo em alguma parte.

Colágeno tipo I é constituinte dos tendões e tecido conjuntivo, frouxo e denso, por exemplo. Já outros do tipo X, XI e XII já constituem a formação da cartilagem.

Colágeno: para que serve?

É necessário o uso do colágeno quando este se encontra com baixa concentração no corpo. Assim, casos como esses acabam gerando necessidade de colágeno:

  • Quando ocorre a diminuição da espessura dos fios de cabelo
  • Em diminuição da densidade dos ossos (casos como osteopenia e osteoporose)
  • Em situação de pele fina e desidratada
  • Quando tem enfraquecimento das articulações e dos ligamentos
  • Quando acontece aumento da flacidez e perda de elasticidade da pele
  • Em surgimento de rugas e de linhas de expressão
  • No aparecimento de estrias
  • Quando tem enfraquecimento das articulações e dos ligamentos

Parte desses sintomas aparecem quando chega os 50 anos de idade, acontecendo redução drástica na produção da proteína.

Benefícios do colágeno

A proteína oferece vários benefícios, mas o principal é a firmeza que ele dá à pele. Além disso, previne o surgimento da celulite, atuando no seu tratamento, pois a pele firme faz com que os nódulos da celulite talvez não apareçam.

Outros benefícios do colágeno são:

  • Fortalecimento das unhas e do cabelo, melhorando o aspecto deste último
  • Diminuição das estrias (elas começam a surgir menos)
  • Aumento da elasticidade da pele
  • Prevenção e retardo do surgimento de rugas e linhas de expressão

Como tomar colágeno em pó?

Colágeno em pó, ou colágeno hidrolisado, é um suplemento alimentar, feito em grande parte da cartilagem bovina. Buscando promover melhor aspecto da pele e das articulações, ele pode ser diluído em água, sucos, chás, sopas e vitaminas.

É recomendado ingerir 10 gramas por dia, junto de uma refeição, em qualquer horário do dia.

Contar com a ingestão conjunta da vitamina C potencializa ainda mais os efeitos no organismo. Assim, é bom tomar o colágeno em pó junto da vitamina, presente em suco de limão, laranja, abacaxi ou tangerina.

Colágeno para cabelo?

Proteína rica em aminoácidos, prolina, glicina, arginina e hidroxiprolina, o colágeno promove a elasticidade e força dos fios. Não só isso, como causa sua aparência jovem, forte e brilhante.

Além de promover um crescimento normal e saudável!

Junto da elastina, ela dá forma e firmeza à fibra capilar, enquanto a elastina causa a elasticidade, resistência e flexibilidade dos fios. Não é à toa que colágeno é tão presente em produtos para cabelo.

Já em conjunto da queratina, protege o cabelo de danos causados por produtos ou procedimentos químicos (descolorações, alisamentos, relaxamentos, etc).

Esses podem acabar deixando os fios ressecados, quebradiços e elásticos demais. Além disso, também acaba prolongando a hidratação das madeixas, aumentando brilho e maciez.

Por isso, o colágeno carrega diversos benefícios, sendo possível tomar em pó ou em cápsulas. Caso queira manter sua pele tão boa, é uma proteína que merece sua atenção.

Publicado em

Chá de hibisco emagrece? Para que serve? Benefícios e Como tomar

Será que chá de hibisco emagrece mesmo? Quais são seus outros benefícios? Como devo tomar o chá de hibisco? Se você tem essas dúvidas, precisa ler esse artigo até o final.

O chá de hibisco é utilizado a muito tempo como chá medicinal na Ásia, África e Caribe. Graças aos seus vários benefícios para a saúde, esse chá vem sendo descoberto pelo restante do mundo.

Além de ser rico em antioxidantes, o chá de hibisco também tem ação diurética e ainda é um grande aliado de quem está querendo perder peso. Quer saber mais sobre esse chá maravilhoso? Então continue acompanhando o artigo. Boa leitura!

Chá de hibisco emagrece?

A resposta é sim. Caso você o tome diariamente, o chá de hibisco auxiliará bastante na perda de peso. Isso porque, essa planta contém antocianinas, flavonoides e compostos fenólicos. Essas substâncias possuem alguns benefícios, como por exemplo:

  • Regulam os genes envolvidos no metabolismo dos lipídios, colaborando para que as gorduras sejam eliminadas;
  • Alivia a hipertrofia dos adipócitos, diminuindo o tamanho das células de gordura;

Porém, o chá de hibisco, apesar de auxiliar no processo de emagrecimento, não causa nenhum efeito com relação ao apetite. Sendo assim, pessoas que possuem dificuldade de emagrecer porque possuem muito apetite, devem tomar esse chá com mais algum complemento, como por exemplo, o Feno-Grego.

Chá de hibisco – para que serve

Antigamente, alguns povos tomavam chá de hibisco para diminuir a temperatura corporal. No Irã, as flores desse chá são usadas para melhorar problemas de sono e acalmar a mente.

Porém, atualmente, o chá de hibisco tem sido usado para outros fins. Dentre eles podemos citar: queimar gordura, diminuir o inchaço, controlar o colesterol e melhor o funcionamento do intestino.

Como o chá de hibisco possui ações diuréticas, ele também é utilizado para diminuir a pressão arterial e proteger as funções do fígado e dos rins. Além disso, o chá de hibisco é pouco calórico, mas possui vários nutrientes fundamentais para a saúde. Esses são alguns dos nutrientes:

  • Minerais: cálcio, cobre, ferro, fósforo, magnésio e potássio
  • Vitaminas: A, C, B1, B2 e ácido fólico
  • Ácidos orgânicos: de 15% a 30% do chá de hibisco, há ácidos orgânicos, responsáveis por melhorar a saúde da pele e fortalecer o sistema imunológico.
  • Há quantidades pequenas de fibras e gorduras
  • Não contém colesterol

Como tomar chá de hibisco?

Não existe uma quantidade ideal para tomar do chá de hibisco. Porém, geralmente, o recomendado é uma quantidade mínima de 200 ml e máxima de 1 litro para ingestão diária.

Fora a quantidade, o horário de consumo do chá de hibisco também pode sofrer variações. Se você pretende toma-lo apenas para receber os benefícios nutricionais e aproveitar o sabor, pode bebê-lo durante o dia, entre as refeições.

Porém, se o seu intuito é emagrecer, o recomendado é beber o chá de hibisco meia hora antes de cada refeição principal.

Como fazer chá de hibisco?

Para que você faça o chá sem que as suas propriedades sejam alteradas, o ideal é prepara-lo por meio de infusão. Isso porque a fervura desse chá, o deixa com um sabor desagradável e amargo.

Para isso, basta que você coloque um litro de água para esquentar. Fique atento até que apareça as primeiras bolhinhas de ar. Quando isso ocorrer, a água deve estar a cerca de 70°C. Espere mais um pouco, as bolhas de ar irão aumentar. É nesse momento que você deve desligar o fogo.

Depois basta colocar duas colheres de hibisco seco ou desidratado no recipiente. Feche-o e deixe-o em infusão por cerca de cinco ou dez minutos. Depois é só coar e estará pronto para consumir.

Você pode beber o chá por até 24 horas sem que suas propriedades se alterem. Basta colocá-lo na geladeira em uma jarra e ir consumindo de acordo com sua necessidade.

Chá de hibisco – benefícios

Esses são alguns dos benefícios do chá de hibisco:

  • Auxilia no processo de emagrecimento;
  • Reduz o colesterol;
  • Auxilia na prevenção de diabetes e síndrome metabólica
  • Diminui a pressão arterial
  • Possui funções diuréticas
  • Melhora a função intestinal
  • Pode prevenir o câncer
  • É antioxidante
  • Protege o fígado
  • Reduz as cólicas menstruais
  • Reduz o estresse e acalma o sistema nervoso
  • Melhora a digestão
  • Fortalece o sistema imunológico
  • Melhora a função cerebral
  • Combate infecções de fungos e bactérias

 

Agora você sabe que chá de hibisco emagrece e ainda possui uma série de outros benefícios. Não deixe de preparar o seu chá para consumir no dia-a-dia. Até mais!

Publicado em

Para que serve Whey Protein: o guia completo

para que serve whey protein

Você sabe para que serve Whey Protein? O Whey Protein é uma proteína do soro do leite. O leite, geralmente da vaca, é composto em sua parte proteica por, aproximadamente, 20% de Whey Protein.

Por meio de processos industriais específicos, é possível separar a porção do soro do leite das outras proteínas. Por conta desses processos industriais que o Whey Protein é gerado, podendo ser consumido.

São vários tipos de Whey Protein e essa proteína também possui vários benefícios. Pensando nisso, preparamos esse artigo para você. Ao longo desse post iremos dizer para que serve o Whey Protein, quais são seus benefícios e tipos. Não deixe de conferir e boa leitura!

Para que serve Whey Protein

O Whey Protein, depois dos processos industriais, pode servir para diversos fins. A primeira delas é para produzir alimentos que requerem compostos lácteos. Pessoas que precisam de complementos proteicos também podem ser beneficiadas pelo Whey Protein. E não é preciso ser atleta para isso.

Isso acontece porque, em alguns casos, não há como uma pessoa suprir suas necessidades proteicas. Sendo assim, o uso do Whey Protein é recomendado. Podemos exemplificar essas pessoas, como indivíduos que possuem alterações fisiológicas, como dificuldade para comer.

Porém, especialmente nos casos dos atletas, esse tipo de proteína é excelente para aumentar ainda mais o nível proteico deles, melhorando sua performance. Nesses casos, um treinamento intenso mais o Whey Protein é excelente, oferecendo ganhos para os atletas.

Fora isso, o Whey Protein é recomendado para aumentar a imunidade, compor massa muscular, reabilitar músculos e nervos, além de muitas outras funções.

Tipos de Whey Protein

O Whey Protein é segmentado. Dessa forma, é viabilizado vários tipos de Whey Protein, de forma a atender as necessidades de cada consumidor. Vamos ver agora quais são os tipos de Whey Protein:

  • Whey Protein Concentrado

Esse é um Whey Protein que contém cerca de 70 a 80% de proteínas a mais do que os outros tipos de Whey Protein. Também possuem vitaminas, sais minerais, flavorizantes, ácidos graxos e carboidratos.

Alguns tipos também são ricos em aminoácidos. Não contém fibras alimentares. Além disso, possuem uma alta concentração de lactose.

  • Whey Protein Isolado

Essa é uma forma mais pura de Whey Protein. Esse produto passa por um processo de filtragem, onde praticamente todas as suas impurezas ou elementos indesejados do soro do leite são eliminados.

Normalmente, o Whey Protein isolado custa mais caro, uma vez que sua concentração fica em torno dos 90%. Isso faz com que a oferta de aminoácidos para os músculos seja quase que imediato, contribuindo para a nutrição esportiva.

  • Whey Protein Hidrolisado

Esse é um Whey Protein recomendado para quem tem dificuldades com a lactose. Isso porque, as partículas de proteínas que há nesse Whey Protein são “digeridas”, otimizando a distribuição na cadeia muscular e o tempo de absorção.

Esse Whey Protein é ideal para ser tomado depois de uma série de exercícios ou como pós-treino.

Whey Protein – benefícios

São vários os benefícios do Whey Protein, inclusive, esse produto é chamado também de “proteína mágica”. Citaremos agora alguns dos principais benefícios do Whey Protein:

  • Seu uso faz com que a pessoa ganhe massa muscular mais facilmente;
  • Reduz a fadiga;
  • Aumento da queima de gordura;
  • Complementa a ingestão proteica em pessoas com falta de apetite;
  • Promove a saciedade;
  • Auxilia no emagrecimento e na redução de gordura corporal;
  • Melhora o sistema imunológico;
  • Aumenta a densidade mineral óssea;
  • Auxilia na cicatrização;
  • Recupera os músculos e ocasiona o aumento da longevidade;

Dúvidas sobre o Whey Protein

  • Para quem o Whey Protein não é indicado?

Pessoas com doenças renais, hepáticas, gestantes, lactantes, crianças e menores de 18 anos não devem consumir o Whey Protein.

  • Qual o melhor horário para tomar o Whey Protein?

O Whey Protein pode ser consumido antes e depois dos treinos. O recomendado é tomar o Whey Protein 45 minutos antes de treinar e 30 minutos após o treino.

  • Qual a quantidade indicada de Whey Protein a ser tomada?

Isso vai depender de pessoa para pessoa.

Pessoas sedentárias devem ingerir em torno de 0.8g/kg. Já atletas que fazem treinos superiores a 60 minutos durante cinco ou seis vezes por semana, a quantidade aumenta para 1.6g/kg. Para quem vai começar um treinamento de força puxado, a quantidade sobe para 1.8g/kg.

Agora você sabe para que serve o Whey Protein, quais são seus tipos, seus benefícios e como você pode consumi-lo. Até mais!

Publicado em

Ginseng para que serve? O que é? Benefícios?

ginseng para que serve

Você sabe o que é Ginseng? Sabe para que essa raiz serve e quais são seus benefícios? Se você não sabe, você precisa continuar lendo esse artigo. Ao longo desse post vamos procurar dar mais detalhes para você sobre o Ginseng. Não deixe de conferir e boa leitura!

O que é Ginseng?

O Ginseng é uma raiz medicinal muito usada na medicina chinesa por causa das suas propriedades que auxiliam na redução do estresse e do cansaço. Isso faz com que as pessoas melhorem a qualidade de vida, proporcionando longevidade.

Essa planta consegue se adaptar muito bem, isso significa que suas substâncias podem atuar em várias situações. Ou seja, o Ginseng não atua apenas em uma situação específica, ele possui vários benefícios.

Essa raiz medicinal pode ser usada na forma de pó, cápsulas ou chás. As cápsulas, dependendo da região, podem custar em torno de 26 reais e 50 reais. Em alguns locais, a raiz do Ginseng pode ser encontrada em feiras livres ou mercados, sendo vendida por quilo.

Ginseng – para que serve

O Ginseng possui propriedades revitalizantes e estimulantes, podendo ser utilizado para tratar debilidade, fadiga, estresse, falta de concentração, cansaço físico e mental. Essa raiz medicinal também serve para bradicardia, depressão, impotência sexual e arteriosclerose, além de regular a pressão sanguínea.

O Ginseng chinês ou coreano é estimulante, servindo para tratar problemas circulatórios. Já o Ginseng americano possui efeito contrário. Dessa forma, ele serve para tratar a depressão, auxiliar o sono e controlar o estresse.

O Ginseng indiano melhora a circulação sanguínea, além de ser bastante útil para melhorar o contato íntimo. Fora isso, também pode ser utilizado para prevenir ou auxiliar no tratamento contra o câncer. Leia o próximo tópico e descubra alguns benefícios do Ginseng.

Ginseng – benefícios

  • Ginseng coreano: melhora a circulação sanguínea;
  • Ginseng americano: acalma e reduz o estresse;
  • Previne a gripe, especialmente em idosos, visto que contém ação imunoestimulante;
  • É uma raiz rica em antioxidantes, dessa forma, o Ginseng serve para prevenir o câncer;
  • Melhora a circulação sanguínea, reduzindo os sintomas da impotência sexual;
  • É um excelente tônico cerebral, diminuindo assim a fadiga e o cansaço;
  • Promove o bem-estar geral, uma vez que atua na melhora do cansaço;
  • Melhora a concentração e a memória no que diz respeito a trabalho e estudos;
  • Diminui o cortisol;
  • Auxilia na regulação da pressão arterial;  

Propriedades do Ginseng

O Ginseng possui doze tipos de substâncias químicas bioativas. Uma dessas substâncias pode diminuir os níveis de glicose no sangue, além de melhorar os efeitos da insulina.

O Ginseng também possui propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes, antidepressiva e afrodisíaca. Também pode diminuir os níveis de colesterol ruim do sangue e possui efeitos positivos na circulação sanguínea, como dito anteriormente.

O Ginseng também é considerado útil para quem quer melhorar a sua função pulmonar. Ele também pode impulsionar a produção de adrenalina. Por conta disso, é considerado revitalizante, combatendo a fraqueza e a sensação de fadiga.

Essa raiz medicinal também é recomendada durante a convalescença, visto que estimula o processo de cicatrização. Mas não para por aí. Essas são outras propriedades do Ginseng:

  • Estimula o funcionamento das glândulas endócrinas;
  • Aumenta a absorção de vitaminas e minerais;
  • Ajuda o corpo a se adaptar às condições externas que não são favoráveis, como estresse, má nutrição e frio;

Como consumir o Ginseng

O ideal é tomar de 5 a 8 g dessa raiz medicinal durante o dia, podendo ser consumido de várias formas:

  • Em pó: misture uma colher de sopa nas refeições principais;
  • Em forma de suplemento: tome de uma a três cápsulas diariamente;
  • Em chá: consuma de três a quatro xícaras de chá diariamente;
  • Em tintura: dilua uma colher de sopa em um pouco de água e tome diariamente;

 

Agora você sabe o que é Ginseng e quais são os seus benefícios. Até mais!

Publicado em

Maca Peruana para que serve? O que é? Benefícios e como tomar

Você sabe o que é Maca Peruana? Sabe para que serve, como tomar e quais são seus benefícios? Se você não sabe, você está lendo o artigo certo. Nele vamos explicar tudo que você precisa saber sobre Maca Peruana. Não deixe de conferir e boa leitura!

O que é Maca Peruana?

Como o próprio nome indica, a Maca Peruana é um alimento natural do Peru. Ela é uma planta bem parecida com o rabanete e é na sua raiz que se encontra sua fonte de nutrientes e consumo.

Esse vegetal nasce de forma espontânea há mais de quatro mil metros de altitude, resistindo às mudanças climáticas. No Peru, a Maca Peruana é cultivada há mais de 3 mil anos pelos povos da região. Além disso, é da mesma família do couve, repolho, nabo e mostarda.

Maca Peruana – para que serve

A Maca Peruana contém a presença de fitoquímicos benéficos para a saúde, além de ter um grande valor nutritivo. Essa é uma planta rica em minerais, como o potássio, cálcio, ferro, fósforo, magnésio e zinco. Há ainda fitoesterois, ácidos graxos, proteínas, carboidratos e fibras.  

Os povos andinos usam a Maca Peruana com intuito medicinal. A planta possui relação para trazer melhorias a fertilidade, vitalidade, desejo sexual e clareza mental. A planta também tem poderes antioxidantes e ainda ajuda no balanço hormonal.

Maca Peruana – como tomar

A Maca Peruana pode ser encontrada tanto em laboratórios de manipulação, como em farmácias. Porém, sua dose deve ser definida por um profissional, que pode ser um nutricionista, nutrólogo ou outro do gênero.

A Maca Peruana pode ser consumida em cápsulas ou em pó. A dose indicada é de 400 mg/dia a 1000 mg/dia. Porém, há ainda outra recomendação: sempre verifique a origem, concentração e pureza do produto, não só da Maca Peruana, mas de qualquer medicamento fitoterápico.

Em resumo: antes de comprar, verifique que a Maca Peruana que você vai consumir é de procedência segura.

Maca Peruana – benefícios

Agora que você sabe o que é Maca Peruana, para que serve e como deve ser administrada, podemos continuar. Afinal, não é apenas isso. A Maca Peruana oferece diversos benefícios. E é sobre isso que falaremos agora.

Confira alguns dos benefícios da Maca Peruana.

  • Aumento da libido

Esse é um dos principais benefícios da Maca Peruana. A ingestão desse alimento natural também aumenta o desejo sexual, reduz os níveis de estresse e ansiedade da pessoa que o consome.

Tais efeitos estimulantes se devem, de acordo com especialistas, por causa que a Maca Peruana possui ação sobre as glândulas suprarrenais e o hipotálamo.

  • Auxilia no emagrecimento

Há quem acredite que os carboidratos são grandes vilões do emagrecimento, porém, isso não é verdade. Quem quer perder peso deve se preocupar com as calorias consumidas, em fazer uma dieta e atividades físicas.

Dessa forma, mesmo que a composição da Maca Peruana seja 59% de carboidratos, ela pode auxiliar na perca de peso. Isso porque, a Maca Peruana é um alimento rico em fibras, substância que aumenta a saciedade.

  • Clareza mental

Esse é outro dos benefícios da Maca Peruana. O alimento melhora a saúde mental de quem o consome. As pessoas que tomam a Maca Peruana, dizem que ela melhora o raciocínio, clareza de pensamento e o foco.

  • Protege o coração

Esse tubérculo possui ômega 3, substância que protege a saúde cardiovascular por causa do seu efeito vasodilatador e regulador do colesterol. A Maca Peruana também contém ômega 9, que atua no combate do colesterol ruim, além de aumentar as taxas do colesterol bom.

  • Estabilização do humor

Essa planta também auxilia na estabilização do humor, podendo aliviar ansiedade, alterações constantes de humor, estresse e depressão.

  • Melhora a pele

Muitas pessoas relatam que a Maca Peruana melhora a pele, diminuindo as acnes e manchas. Além disso, a planta também diminui a sensibilidade e aumenta a tolerância a temperaturas baixas ou altas.

 

Publicado em

Tribulus Terrestris para que serve, benefícios e como tomar

tribulus terrestris para que serve

Você sabe quais são os benefícios do Tribulus Terrestris? Aliás, você sabe o que é Tribulus Terrestris? Tribulus Terrestris é uma erva daninha bastante usada como estimulante sexual. Esse fitoterápico ficou famoso após ter sido incluído na rotina de vários atletas, especialmente de quem quer ganhar massa magra.

Apesar de ser usado a bastante tempo como planta medicinal e agora como suplemento natural, o Tribulus Terrestris também pode ser usado para tratar problemas hormonais. Como exemplos podemos citar a falta de libido e a disfunção erétil.

Fora isso, o Tribulus Terrestris também auxilia na diminuição da pressão arterial, apesar de que esse benefício não seja comprovado cientificamente. Dentre suas substâncias ativas, merece destaque os alcaloides, flavonoides e saponinas.

Nesse artigo você vai conferir mais detalhes sobre o Tribulus Terrestris, como seus benefícios, para que serve e como tomar. Não deixe de conferir e boa leitura!

Tribulus Terrestris – para que serve?

O Tribulus Terrestris serve como estimulante sexual, com o intuito de aumentar a libido e o desempenho sexual. Além disso, a planta também serve para tratar a impotência e a disfunção erétil, além de promover a saúde cardiovascular e urogenital.

Atualmente, como foi mencionado, o Tribulus Terrestris também tem sido bastante utilizado para ganhar força e massa muscular. Para que você descubra mais benefícios do Tribulus Terrestris, fizemos o tópico a seguir. Continue lendo para saber mais.

Benefícios do Tribulus Terrestris

  • Ereção mais duradoura

Isso porque, a planta contribui para a vasodilatação, visto que contém a protodioscina, uma substância que, em tese, aumenta os níveis de testosterona.

  • Aumenta a libido

O Tribulus Terrestris aumenta a produção de hormônio masculino. Por causa disso, acredita-se que a planta também é responsável pelo o aumento da libido.

  • Melhora a fertilidade

Da mesma forma que o Tribulus Terrestris melhora a ereção e a libido, também há fortes indícios de que ele melhora a fertilidade. Isso porque, há um aumento de espermatozoides presentes no esperma.

  • Combate à hipertensão

A redução da pressão arterial se dá por causa que o Tribulus Terrestris contém uma substância chamada óxido nítrico, que possui um efeito vasodilatador. Além disso, essa redução também ocorre por causa da inibição de uma enzima que leva à hipertensão, quando é produzida em maiores quantidades.

  • Combate as triglicérides altas

Esse é outro benefício potente do Tribulus Terrestris: a redução da gordura no corpo.

Também há benefícios para as mulheres. Estudam apontam que o Tribulus Terrestris normaliza a ovulação, reduz sintomas de pré e pós menopausa e aumenta a fertilidade.

Tribulus Terrestris – efeitos colaterais

Algumas pesquisas feitas sobre o Tribulus Terrestris mostram que a planta pode ocasionar crescimento de mamas em homens (ginecomastia) e toxidade. Porém, essas foram observações isoladas.

Mas, por haver poucas comprovações cientificas a respeito do Tribulus Terrestris, o recomendado é fazer o seu uso com moderação. Por conta disso, antes de fazer o uso dessa planta, o ideal é que você procure orientação médica ou de um nutricionista.

Tribulus Terrestris – como tomar

Normalmente, o Tribulus Terrestris pode ser consumido tanto na forma de extrato, como na forma de cápsulas. O recomendado é que você não pegue a planta a natural para fazer um chá, por exemplo.

O indicado é que você consuma o extrato ou as cápsulas em três dosagens durante o dia, sempre durante as refeições principais. A média de tempo para homens consumirem o Tribulus Terrestris é de quatro até seis semanas.

Depois disso, o ideal é que seja feito uma pausa do mesmo tempo de consumo para retornar a tomar o Tribulus Terrestris. Porém, esses dados são apenas de amostragem e não possuem validade nutricional. Por isso é recomendado você procurar orientação médica.

 

Agora você sabe os benefícios do Tribulus Terrestris e como você pode consumir essa planta. Não se esqueça de procurar orientação médica antes do seu consumo. Até mais!